Algumas doenças que podem ser facilmente evitadas se o seu amigo de quatro patas der boas caminhadas!

Agrocenter Rufino > Blog > Animais > Algumas doenças que podem ser facilmente evitadas se o seu amigo de quatro patas der boas caminhadas!

É importante não só dar o exemplo como também se exercitar junto de seu cão!
Listamos aqui algumas doenças que podem ser facilmente evitadas se o seu amigo de quatro patas der boas caminhadas!

Obesidade canina
Acúmulo de gordura, podendo levar seu companheiro a ter problemas cardiovasculares, nível de colesterol alto e triglicérides. Em casos extremos pode se chegar a problemas neurológicos, paralisia e até convulsões. Lembrando também que numa situação dessas ocorre um certo enfraquecimento do sistema imunológico, abrindo espaço para novas doenças.

Alguns tipos de rações podem contribuir muito para a obesidade, é preciso ficar atento a dieta proporcionada para seu amigo.

Para tratar é preferível ter acompanhamento veterinário, uma dieta balanceada, exercícios físicos diários e monitoramento hormonal e do metabolismo.

Depressão canina
Se ainda restava dúvida: sim, seu melhor amigo pode ter depressão! Muitas vezes o isolamento e a solidão são as principais causas dessa doença. Um cachorro sedentário tem uma predisposição muito maior para desenvolver isso. Praticar atividades físicas estreita o laço de amor entre pai e filho canino, tornando-os mais próximos. Além de que se o exercício for sair para caminhar, há grandes possibilidades de se encontrar outros amigos cães para que possam “socializar”. Brinquedos com luz, que se mexem, brilham e tudo mais também podem ser interessantes no intuito de provocar um estímulo maior no cão.

É possível reconhecer um cachorro depressivo quando a energia dele está mais baixa. Jogar a bolinha não anima mais o seu amigo como antes? Ele parou de pular em você quando chega em casa? Quase nunca te chama para brincar? Talvez seja interessante entender mais profundamente seu companheiro e procurar ajuda veterinária.

Diabetes canina
Pode ser adquirida de maneira hereditária, mas um cão sedentário também corre riscos. A má alimentação aliada de uma vida sem atividades físicas pode facilmente acarretar em diabetes. Seu amigo de quatro patas passaria ter restrições alimentares seríssimas para o resto da vida.

Um cão com diabetes costuma ter mais sede e produzir mais urina, o apetite pode ser bom, ou até maior que o normal, mas em muitos casos pode ocorrer perda de peso. Ainda sim, o único que poderá dar uma resposta sem dúvidas é o veterinário. Um hemograma completo, exame bioquímico e exame de urina serão pedidos por ele.

Como exercitar meu cachorro?
É importante ressaltar como funciona o exercício para o animal. Não se pode fazer de maneira errada. Uma caminhada e uma exercitada são diferentes uma da outra. Na primeira o seu amigo peludo pode parar para fazer as necessidades, tem um aspecto mais descontraído. Na segunda há um grau maior de seriedade, o ritmo do dono deve ser mantido o tempo todo, seu cachorro tem que sentir que não é uma brincadeira.

Como já dito anteriormente, se o seu cão já for sedentário ou obeso, é melhor procurar acompanhamento veterinário. Tendo isso em vista, é recomendado que se exercite 5 vezes por semana. Não se engane, ele não precisa se tornar um atleta e nem nada parecido, não force muito. As sessões de exercício podem ir aumentando de tempo gradualmente, começar com 5 min, depois passar para 10 min, até que ele aguente 30 min mais ou menos.

Cuidados importantes para a caminhada: você e seu filho de 4 patas devem beber água mais ou menos meia hora antes. Para um cachorro é melhor não se encher muito, ele pode passar mal e até vomitar. Lembre sempre também de checar a temperatura do chão, você não quer ver ele queimando as patinhas, não é mesmo? Os horários mais indicados para caminhar são durante a parte da manhã e no final da tarde. Mas de qualquer maneira não custa nada sentir um pouco como está a temperatura, horário de verão pode lhe enganar.

E se eu não puder caminhar?
Também há a possibilidade de levá-lo para nadar! Não seria incrível ver seu companheiro se esbaldando nas águas de alguma piscina? O importante é a alegria do mesmo, afinal, exercícios podem ser divertidos. Cachorro cansado é cachorro feliz e não há questionamentos sobre isso! Existem muitos lugares que oferecem natação para cães, não custa conferir se não há algum desses lugares perto de vocês.

Também se pode brincar em casa com diversos brinquedos próprios para isso. Já tentou um bastão luminoso? Ou talvez um frisbee piscante para o seu jardim! Quem sabe uma bola piscante também não resolva? Até mesmo aqueles lasers e colocar ele pra subir e descer escadas! Seja criativo e cuide da saúde de seu filho de 4 patas!

Fonte: Blog Estilo de Bicho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *